08 maio 2021
 Por 
Blog do Seridó
 às 
17:43min. 
 em 
Renan diz que governo Bolsonaro ‘fechou as portas’ para vacinas

Relator da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) afirmou, neste sábado, 8, que a CPI precisa levar em conta como o governo de Jair Bolsonaro minimizou a pandemia e o papel da vacina para combater a doença, e como a postura do presidente “fechou as portas” do Brasil para os produtores de imunizantes. “Isso precisa ser investigado”, disse Renan, em entrevista concedida ao programa Prerrogativas, transmitido pela Rede TVT. O senador destacou ainda que, se a CPI concluir que Bolsonaro contribuiu para o agravamento do “morticínio” no País, ele “será responsabilizado, sim”.

Renan ressaltou que “seja lá quem” transformou o chamado tratamento precoce contra a covid-19 em política pública deverá ser responsabilizado. Para ele, muito do que a CPI pretende apurar “investigado já está” em campanhas nas redes sociais, discursos e atos oficiais. “Por isso torço que o presidente da República explique o que aconteceu, a bola está com ele. Tem que explicar se houve imunidade de rebanho, imunização natural, por que é que ele defendeu isso, defendeu aquilo. Porque ele agride a China?”, questionou Calheiros.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!