02 jul 2013
 Por 
Blog do Seridó
 às 
07:45min. 
 em 
Prefeitura de Caicó inicia recadastramento de servidores

Iniciado nesta segunda-feira (01) o recadastramento dos servidores da Prefeitura de Caicó prossegue até o dia 09 de agosto deste ano. O local do recadastramento é na sede da própria prefeitura, das 8 as 17 horas. O servidor público municipal que deixar de se recadastrar no prazo estabelecido terá suspenso o pagamento dos seus vencimentos, sem prejuízo de outras medidas cabíveis. O recadastramento será divido por secretarias, ficando assim estabelecidos:

De 1º a 02 de Julho de 2013 – Gabinete do Prefeito, Subprefeitura de Lajinhas, Subprefeitura da Palma, Subprefeitura do Perímetro Irrigado Itans Sabugi, Secretaria Municipal de Planejamento e Articulação Institucional, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Secretaria Municipal da Criança e Adolescente e Secretaria Municipal do Meio Ambiente

De 03 a 05 de Julho de 2013 – Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Urbanos, Controladoria Geral do Município e Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento

De 08 a 19 de Julho de 2013 – Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes

De 22 a 24 de Julho de 2013 – Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social, Procuradoria Jurídica, Secretaria Municipal de Administração e Secretaria Municipal de Tributação e Finanças

De 29 de Julho a 06 de agosto de 2013 – Secretaria Municipal de Saúde

De 08 a 09 de agosto de 2013 – Soluções de Pendências

Os documentos necessários para ser apresentados no ato do recadastramento são os seguintes:

1 – carteira de Identidade, CPF, título de eleitor;

2 – certidão de nascimento/casamento;

3 – carteira de habilitação, caso ocupe cargo de motorista;

4 – identidade Militar (se militar), ou Carteira de Reservista;

5 – comprovante com nº do PIS/PASEP;

6 – carteira de registro profissional (CTPS);

7 – registro Profissional;

8 – comprovante de endereço;

9 – certificado de conclusão do curso do 1º e/ou 2º grau ou diploma (nível

superior);

10 – último contracheque;

11 – comprovante da autorização do afastamento ou disposição a outro

órgão;

12 – declaração do Chefe Imediato, atestando onde o servidor está lotado,

onde está desempenhando suas funções, jornada de trabalho e horário, conforme anexo II;

13 – documentação que comprove a propriedade do imóvel, caso o servidor

requeira isenção de IPTU para o exercício de 2014, conforme previsão legal instituída no  inc. VII, do art. 19, da Lei 3.282/89, Código Tributário Municipal, combinado com o §§1º e 3º, do art. 21, do Decreto 006/90.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!