12 out 2021
 Por 
Blog do Seridó
 às 
16:03min. 
 em 
Polícia Civil conclui investigação e indicia dois por tortura contra homem que foi amarrado e espancado no RN

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte concluiu o inquérito e indiciou um comerciante e um servidor público por tortura contra um homem quilombola que foi amarrado pelos pés e mãos e espancado em Portalegre, na região Seridó potiguar. O caso aconteceu em setembro e ganhou repercussão nas redes sociais, após um vídeo que mostra as agressões começar a circular. Na ocasião, o governo do estado determinou investigação.

Os dois suspeitos chegaram a ser detidos pela Polícia Civil, mas foram liberados pela Justiça para responder o caso em liberdade. O comerciante já responde à Justiça por injúria racial. O caso agora segue para o Ministério Público, que poderá denunciar os indicados à Justiça.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!