11 maio 2022
 Por 
Blog do Seridó
 às 
22:09min. 
 em 
Fifa vai investigar possível inelegibilidade de jogador do Equador

A Fifa abriu uma investigação sobre alegações de que o Equador usou um jogador inelegível em sua campanha nas eliminatórias da Copa do Mundo, disse a entidade que comanda o futebol nesta quarta-feira (11).

A Federação Chilena de Futebol afirmou na semana passada ter provas de que Byron Castillo nasceu em Tumaco, Colômbia, em 1995, e não na cidade equatoriana de General Villamil Playas em 1998, como consta em seus documentos oficiais.

Alegou que o lateral do Barcelona de Guayaquil, que atuou em oito dos jogos de qualificação do Equador para o Catar, usou passaporte e certidão de nascimento falsos.

O Equador é uma das quatro seleções sul-americanas que já se classificaram para a Copa do Mundo deste ano, junto com Brasil, Argentina e Uruguai. O Peru, quinto colocado, enfrenta uma repescagem no mês que vem.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!