28 maio 2015
 Por 
Blog do Seridó
 às 
12:13min. 
 em 
Extração ilegal de turmalina movimentou R$ 2,5 mi, diz polícia

coletiva_pf_turmalina

O esquema de extração ilegal da turmalina paraíba, desarticulado durante operação conjunta entre a Polícia Federal e o Ministério Público Federal (MPF) nesta quarta-feira (27), movimentou mais de R$ 2,5 milhões entre os oito investigados. De acordo com o delegado da Polícia Federal Fabiano de Lucena Martins, o potencial exploratório da mina era de cerca de 1 bilhão de dólares.

Os detalhes da investigação, que teve início em 2009, foram divulgados em entrevista coletiva na sede da Polícia Federal, em Cabedelo. De acordo com a Polícia Federal, sete pessoas foram presas e um suspeito estava foragido até as 11h, entretanto, o Ministério Público Federal informou que obteve a expedição de oito mandados de prisão preventiva para pessoas envolvidas na organização criminosa, destes oito, seis já foram cumpridos com êxito. Um suspeito, com mandado de prisão em aberto, continua foragido no Brasil e um outro, que mora no exterior, está sendo procurado pela Interpol.

Policiais federais do Nordeste também cumpriram oito mandados de sequestro de bens e 19 de busca e apreensão. Foram apreendidos carros de luxo, uma quantia em dinheiro não divulgada e algumas pedras de turmalina. Nenhuma das prisões realizadas na operação foi feita na Paraíba, segundo a polícia.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!