09 nov 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
13:32min. 
 em 
Escritora caicoense é eleita para a Academia de Letras do Maranhão

A professora e escritora caicoense Ana Sant’Ana Souza é a mais nova imortal da Academia Maranhense de Letras.

Possivelmente, é a primeira cidadã de Caicó a conquistar esta honraria fora dos limites geográficos do Rio Grande do Norte.

A eleição de Ana ocorreu em decorrência da conclusão do seu doutorado em Literatura, que teve como objeto da pesquisa o poema épico O Guesa, de Sousândrade, poeta maranhense do século XIX..

A tese foi enviada para a Academia Maranhense de Letras, a Academia solicitou parecer, que foi positivo, e publicou a tese sob a forma de livro com o título A nação Guesa de Sousândrade.

No lançamento, a autora proferiu palestra na Academia Maranhense de Letras e doou alguns exemplares de seus livros de poesia e de crítica literária.

Posteriormente, acolhendo proposta dos acadêmicos Jomar Moraes e Benedito Buzar, a Academia elegeu Ana Sant’Ana, no dia 21 de outubro, como a nova titular da Cadeira nº 15, do seu Quadro de Membros Correspondentes.

A cátedra patroneada pelo gramático e humanista português João de Barros, primeiro Donatário do Maranhão, e estava vaga em razão da morte de Malcolm Silverman, seu último ocupante, professor da Universidade de San Diego, nos Estados Unidos e autor de várias obras sobre literatura.

Também são do Quadro de Membros Correspondentes nomes como José Mindlin, Benedito Nunes e Gilberto Mendonça Teles.

A incorporação definitiva da escritora caicoense ao Quadro de Correspondentes da Academia Maranhense de Letras ocorrerá com sua posse em São Luís ou, no caso de impossibilidade de sua ida a São Luís, com a remessa de correspondência declarando aceitar a eleição.

A escritora foi comunicada da eleição através de ofício assinado por Mílson de Sousa Coutinho, presidente da Academia Maranhense de Letras.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!