09 nov 2017
 Por 
Blog do Seridó
 às 
19:49min. 
 em 
Eleição de 2018 terá saldo esquizofrênico, diz cientista político

ELEIÇÕESUma infinidade de sondagens divulgadas nos últimos meses atestam um fato: a maioria dos brasileiros está ávida para presenciar uma renovação dos nomes e perfis nos cargos políticos nas eleições do próximo ano.

No entanto, segundo Marcus André Melo, professor associado da Universidade Federal de Pernambuco  e fellow da John Simon Guggenheim Foundation, uma parte considerável desse potencial de mudança nos cargos políticos pode acabar frustrada no próximo ano. Motivo? O sistema ainda garante certas vantagens para quem está no poder.

Essa combinação de fatores, segundo o especialista, deve gerar Legislativos para lá de esquizofrênicos com nomes da velha e da nova política lado a lado. Mas isso vai depender de uma maior coesão dos movimentos da sociedade civil que apoiam essas campanhas emergentes.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!