19 mar 2012
 Por 
Blog do Seridó
 às 
20:02min. 
 em 
Delegada sobre caso F Gomes: “As pessoas que participaram sabem que agora serão presas”

A delegada Sheila Freitas (foto), titular da DEICOR (Divisão Especial de Investigação e Combate ao Crime Organizado), foi designada para investigar a morte do jornalista caicoense F. Gomes, ocorrida em 18 de outubro de 2010.

Nesta segunda-feira, 19, ela decretou a prisão preventiva do policial militar Evandro Medeiros e do pastor Gilson Neudo – este segundo está encarcerado na Penitenciária Estadual do Seridó acusado de tráfico de drogas, ambos suspeitos de envolvimento no assassinato do ex-diretor de jornalismo da Rádio Caicó AM.

Embora não possa adiantar mais detalhes, já que a investigação corre em segredo de Justiça, Sheila Freitas disse à imprensa de Caicó que “tem fatos novos e é possível que nos próximos dias saiam novas prisões e convocações para serem ouvidas outras pessoas”.

Hoje, ocorrem oito depoimentos. “Não podemos adiantar se eles (Evandro e Gilson) têm alguma participação. Houve o indiciamento do [Lailson Lopes], o Gordo, e [João Francisco do Santos], o Dão, que é réu confesso. Porém, com o surgimento de novas provas, foi necessária a abertura de outro inquérito policial, para coleta desses indícios”, disse a delegada.

Ela confirmou que pretende concluir o trabalho o mais breve possível. Embora não seja possível prever prazos, mas a investigação poder ser encerrada nos próximos quinze dias, dependendo das novas diligências. “As pessoas que participaram sabem que agora serão presas”, concluiu.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!