07 maio 2012
 Por 
Blog do Seridó
 às 
07:45min. 
 em 
Com desaceleração e prejuízos, pecuária do RN busca incentivos

Um estudo feito pelo Sebrae/RN, que avaliou a produção do leite bovino do estado no período de 1995 a 2010, revela a estagnação do setor puxada pela queda na produção, estiagem, atrasos no pagamento do Programa do Leite e aumento no custo de insumos para a produção leiteira do Rio Grande do Norte.

O recuo na produção de leite nos últimos anos é de cerca de 36%. Em 2010, de acordo com dados da Pesquisa  Pecuária Municipal do  IBGE, a produção diária era de 628.645 litros, em 24.358 estabelecimentos rurais no Estado. Atualmente, não ultrapassa os 400 mil litros por dia.

Com a estiagem, de acordo com previsões meteorológicas a mais severa  desde a década de 1960, o setor espera, embora sem estudo específico, queda acentuada da produção.

Um dos caminhos apontados pelas entidades para incrementar a  competitividade, é a desoneração tributária.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!