21 mar 2012
 Por 
Blog do Seridó
 às 
17:50min. 
 em 
Novo Jornal: “F. Gomes foi morto por denunciar irregularidades no Pereirão de Caicó”

A edição desta terça-feira (20) do Novo Jornal dedica uma página inteira as novas revelações do caso F. Gomes, assinado na noite do dia 18 de outubro de 2010, na calçada de sua residência, em Caicó. A matéria relata ainda as prisões do policial militar Evandro Medeiros e do pastor Gilson Neudo, que a exemplo do João Francisco (Dão) e Lailson Lopes (Gordo da Rodoviária), estariam diretamente ligados ao crime. Até hoje se sustentou que a morte de F., estaria relacionada a denúncias feitas por ele, no exercício de seu trabalho, sobre possíveis crimes e ações do tráfico de drogas.

Mas, a reportagem traz um adicional às investigações, que promete provocar novas revelações sobre a morte do radialista. Em um dos trechos traz informações de uma fonte, sobre um depoimento que o Gordo teria gravado aos delegados do caso, no presídio de Caraúbas, onde está recolhido.  “Não tem nada a ver com o que foi divulgado. Nada de drogas ou denúncias contra o próprio Lailson. Mataram F. Gomes porque ele vivia denunciando irregularidades dentro do Presídio Estadual de Caicó, o Pereirão”, acrescentou a fonte, revelando que todo o interrogatório foi gravado em vídeo e áudio.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!