16 out 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
08:18min. 
 em 
Ministério Público investiga irregularidade no quadro de servidores da prefeitura de São João do Sabugi

O Ministério Público de São João do Sabugi agendou audiência, na quarta-feira (20), para tratar de um assunto curioso: há mais servidores na prefeitura do que cargos criados por lei.

Na reunião com os vereadores, o promotor Sérgio Gouveia quer saber de onde veio tanta gente para tão poucas vagas, o que implica também em pessoas receberem salário exercendo uma função que não existe, pelo menos no papel.

É como se houvesse, por exemplo, vaga para dois jardineiros na administração e, na realidade, cinco pessoas estivessem desenvolvendo esse trabalho (lembrando: isso é só um exemplo, pois o Ministério Público ainda está investigando esses excessos cometidos no município).

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!