18 set 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
17:26min. 
 em 
Horário de verão deve proporcionar economia de 5% de energia no Brasil

O horário de verão poderá proporcionar ao país uma redução de cerca de 5% no consumo de energia durante o período em que os relógios estarão adiantados em uma hora.

Nos últimos dez anos, a adoção da medida proporcionou uma redução média de 4,7% na demanda por energia no horário de maior consumo, segundo o Ministério de Minas e Energia

O próximo período do horário de verão vai de 17 de outubro próximo a 20 de fevereiro de 2011.

No ano passado, o horário de verão começou no dia 18 de outubro de 2009 e vigorou até o dia 21 de fevereiro último.

O principal resultado foi a redução na demanda de energia elétrica de aproximadamente 4,4% no Sudeste e Centro-Oeste e de 4,5% no Sul.

O horário de verão é adotado sempre nesta época do ano por causa do aumento na demanda por energia, que é resultado do calor e do crescimento da produção industrial às vésperas do Natal.

Neste período, os dias têm maior duração por causa da posição da Terra em relação ao Sol, e a luminosidade natural pode ser mais bem aproveitada.

No Brasil, o horário de verão foi instituído pela primeira vez no verão de 1931/1932 pelo então presidente Getúlio Vargas e durou quase meio ano.

Atualmente, vários países fazem mudança no horário convencional para aproveitar melhor a luminosidade do verão.

Desde 2008, foram estabelecidas datas fixas para o início e término do horário de verão no país: a mudança ocorre no terceiro domingo de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro.

Se a data coincidir com o domingo de carnaval, o final do horário de verão é transferido para o domingo seguinte.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!