29 set 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
14:57min. 
 em 
Estados recebem equipamentos para agilizar investigações criminais

Estados e Distrito Federal receberão até o fim do ano do Ministério da Justiça novos equipamentos de perícia que devem ajudar nos trabalhos de investigação em todo o país.

Entre os equipamentos, está um kit para vasculhar o local do crime, netbooks, reagentes de sangue, máquinas fotográficas, GPS, material para coleta de impressões digitais e material de isolamento de área.

Esse conjunto de itens visa a atender as necessidades básicas da perícia, e os Estados poderão padronizar e unificar a atuação dos peritos, facilitando a detecção e coleta de vestígios como fios de cabelo, sangue, esperma, saliva ou impressões digitais.

“É, sem dúvida, um avanço no trabalho e, principalmente, na resolução de casos”, disse o ministro da Justiça Luiz Paulo Barreto, acrescentando que o investimento gira em torno de R$ 100 milhões – R$ 75  milhões para a compra dos equipamentos e R$ 25 milhões para a capacitação de profissionais.

Para ele, o material ajudará a desvendar crimes e, possivelmente, a inibir o número de homicídios no Brasil.

“Esse tipo de tecnologia ajuda a identificar o criminoso na cena do fato. Isso será importante para esclarecer crimes que, muitas vezes, não são desvendados, e até mesmo contribuir na redução de homicídios. A sociedade cobra agilidade na resolução de alguns casos, por isso precisamos equipar nossos profissionais com materiais que ajudem na apuração”, acrescentou.

Mil e cem maletas foram adquiridas pelo Ministério da Justiça e serão distribuídas aos estados de acordo com o tamanho das unidades da Federação e o número de homicídios registrados em cada região.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!