15 nov 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
20:01min. 
 em 
Caminhada pela Paz marcou celebração de 30 dias pela partida de F. Gomes

A população da cidade de Caicó, e de caravanas do Seridó, voltou suas atenções para a Igreja Matriz de São José, no bairro Paraíba.

A família, amigos e companheiros de profissão lembraram os 30 dias da partida do jornalista e radialista F. Gomes, assassinado em 18 de outubro último.

A data do feriado, segundo a comissão organizadora, seria melhor para conglomerar as pessoas que desejassem participar da missa, a qual foi celebrada pelo bispo diocesano, Dom Manoel Delson Pedreira da Cruz, e pelos párocos da cidade de Caicó.

Durante a homilia, Dom Delson lamentou a interrupção violenta da vida de F. Gomes. Logo ele, que estava na plenitude profissional e que procurava, positivamente, colaborar para o desenvolvimento da sociedade.

Ao mesmo tempo, o pastor lembrou que o conjunto da sociedade precisa se posicionar contra o império da droga. “É preciso que a família, escola, poderes públicos e instituições e mobilizem”, concluiu o bispo.

Ao término da missa, foram prestadas algumas homenagens por colegas de trabalho, familiares e amigos.

Em seguida, a multidão invadiu as ruas de Caicó pedindo paz e justiça. A passeata seguiu até a Ilha de Sant’Ana, onde os cantores católicos Galvão Freire e Ronaldo Carlos animavam a multidão, além dos violeiros.

A diretora da Rádio Caicó AM, último veículo onde F. Gomes trabalhou, Suerda Medeiros, se disse emocionada com a presença do público. E sugeriu aos políticos presentes, em especial aos vereadores, para que instituísse 15 de novembro como o Dia em Defesa da Paz, na cidade de Caicó.

Confira as imagens:

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!