12 abr 2011
 Por 
Blog do Seridó
 às 
19:17min. 
 em 
Câmara de Caicó e Casa do Empresário firmam parceria para discutir COSIP

O presidente da Câmara de Caicó, Leleu Fontes, esteve reunido nesta terça-feira, 12 de abril, com representantes da Casa do Empresário, que aglomera os associados da Câmara de Dirigentes Lojistas, Associação Comercial, Industrial e de Serviços e Sindicato do Comércio Varejista, no sentido de discutir parcerias institucionais.

Para Leleu, o primeiro desafio será reerguer a boa imagem do Legislativo, deturpada por denúncias de corrupção feitas pelo vereador Valdemar Araújo contra José Maria de Queiroz, ambos do PR. Para isso, já foi instalada uma Comissão Parlamentar de Inquérito, para apurar os fatos apresentados nas gravações feitas por Valdemar.

Voltando à questão de parcerias, o presidente da Câmara lembrou duas situações diretamente ligadas ao empresariado local: o distrito industrial e a Contribuição Social de Iluminação Pública (COSIP), recentemente questionada em parecer de assessoria jurídica legislativa. Essa mesma consultoria estará disponível para que os empresários possam ter os esclarecimentos acessórios sobre o conteúdo do parecer.

“Queremos parabenizar a Câmara, que voltou a discutir o veto o artigo que, justamente, criava a Ouvidoria da COSIP, para que a população tivesse as informações necessárias sobre o tributo”, lembrou José Jorge Dantas, presidente da ACISC. “Estamos dispostos a defender o interesse da categoria, mas sem esquecer-se de proliferar as conquistas para a coletividade”, completou Suerdieck Torres, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas.

José Jorge disse, ainda, que o Poder Público precisa discutir a concessão de benefícios, para que grandes empreendimentos se instalem no município. Para ele, o boom econômico deve acontecer durante as obras do anel viário de Caicó, mas desde que tudo seja planejado para quando esse ciclo se completar.

“Precisamos promover um debate amplo, incluindo prefeitura, governo do estado e o próprio secretário de Desenvolvimento Econômico, Benito Gama, sobre o distrito industrial, os convênios governamentais e ações estruturantes para o crescimento da economia”, disse Leleu.

Como resultado prático, o Legislativo será convidado a participar da Assembleia Geral da Casa do Empresário, onde será apresentado o calendário com ações planejadas até fevereiro de 2012. A próxima discussão encampada deve ser o Plano Diretor, que passa pelo processo da verticalização da cidade. Além da Câmara e Casa do Empresário, devem ser incluídos no debate o Ministério Público e o Poder Judiciário.  

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!