26 dez 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
14:41min. 
 em 
Prefeito seridoense será investigado pelo MP por utilizar estrutura municipal na construção de posto pertencente a seu filho

A promotora de Justiça substituta da Comarca de Florânia, Marília Regina Soares Cunha, abriu Inquérito Civil para investigar possível utilização de veículos e servidores públicos em obra particular de construção de um posto de combustível no município de Florânia, pertencente a Gildanir Freitas, que é filho do prefeito de Tenente Laurentino Cruz, Júnior Laurentino.

De acordo com a Portaria Nº 043/2010, a representação da denúncia foi formulada por José Ronaldo da Silva e José Erinaldo da Silva, qualificados no termo de declarações em anexo ao presente Inquérito Civil da Promotoria, instaurado sob o registro cronológico nº 039/2010.

Segundo o Ministério Público, o Inquérito Civil tem como fundamento legal o artigo 9º, inciso IV da Lei 8.429/92 (Improbidade Administrativa), que dispõe sobre as sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função na administração pública direta, indireta ou fundacional.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!