08 nov 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
23:25min. 
 em 
João Maia evita comentar prisão do sobrinho

O deputado federal João Maia, líder do PR no Rio Grande do Norte, está incomunicável desde a última quinta-feira (4), quando a Polícia Federal prendeu o diretor regional do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) no Estado, o engenheiro Gleidson Maia.

Sobrinho de João Maia, Gleidson foi preso em flagrante por ter recebido, segundo a PF, uma propina no valor de R$ 50 mil. A prisão do engenheiro acelerou a Operação Via Ápia, que investiga um esquema de corrupção no Dnit.

O esquema, segundo a PF, teria desviado, pelo menos, R$ 2 milhões da obra de duplicação da BR-101 no estado. A obra integra o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), controlado pela então ministra chefe da Casa Civil e hoje presidente eleita Dilma Rousseff (PT).

A vontade do parlamentar de ocupar o Ministério dos Transportes no governo Dilma pode naufragar. Primeiro com a derrota eleitoral do atual ministro da pasta, o republicano Alfredo Nascimento, que disputou o governo do Amazonas; e agora, com mais um escândalo que abate a família Maia.

Do Nominuto.com

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!