11 jul 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
18:41min. 
 em 
Iniesta faz gol no fim da prorrogação e dá primeira Copa para Espanha

A Copa do Mundo é da Espanha. O dia 11 de julho de 2010 eternizou um novo campeão. Um merecido campeão. Depois de 64 jogos, 145 gols e um mês de bola rolando na África do Sul, a Espanha deixou todos para trás e fez história. Pode finalmente se gabar: é a melhor do mundo.

Neste domingo, a vitoriosa geração de Xavi, Casillas e Puyol colocou a Fúria na restrita galeria de campeões da Copa. Mas o passo final foi duro, suado. Os espanhóis sofreram com a violência e com a retranca da Holanda. Precisaram da prorrogação para vencer por 1 a 0 em um Soccer City abarrotado e diante dos olhos de Nelson Mandela, lenda viva da África do Sul. O gol heróico foi de Iniesta, aos 11min do segundo tempo da prorrogação.

A Espanha conquistou seu título mais importante sem ter um craque. A equipe de Vicente Del Bosque não possui um fora de série, alguém que faça a diferença. O diferencial espanhol é o todo, o coletivo. As trocas de passes são velozes e parecem automáticas. O resultado é um futebol que envolve o adversário. Lances espetaculares são raros nesse time, mas o controle da partida é frequente.

A Espanha se tornou o oitavo país campeão do mundo e o sexto a passar pela prorrogação na final. E conseguiu o feito mais almejado por todas as seleções do planeta em uma Copa do Mundo histórica, a primeira em continente africano. Todos tiveram que se render ao talento da Espanha. Até o polvo Paul se rendeu. A Holanda não mereceu o título pela postura que teve na final. Conformou-se em ver a festa espanhola. 2010 é o ano da Roja, não da Laranja.

Do UOL

Compartilhe:

1 Comentário

  1. JASIEL MEDEIROS disse:

    PARABÉNS AO BLOG DO SERIDÓ PELO TRABALHO E VERSATILIDADE, POIS ENCONTRAMOS DE TUDO EM UM BLOG SÓ! SEM FALAR NA AGILIDADE NAS POSTAGENS, VALEU ALEXANDRE, VOCÊ É INDISCUTIVELMENTE UM EXCELENTE JORNALISTA !!!

Deixe o seu comentário!