24 ago 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
17:03min. 
 em 
Algazarra, sujeira e drogas na rodoviária de Parelhas

Ocupação irregular de calçadas, poluição sonora, algazarras, falta de banheiros e de água corrente para preparo adequado de alimentos e ambiente propício ao tráfico de drogas.

Esses são apenas alguns dos problemas que o Promotor de Justiça Glauco Coutinho Nóbrega pretende resolver com a retirada de trailers, barracas e lanchonetes que funcionam irregularmente no terminal rodoviário do município de Parelhas.

A Ação Civil Pública ajuizada na última sexta-feira, 20, requer a remoção de pelo menos sete comerciantes que estariam atuando no local de maneira incorreta.

A investigação do Ministério Público começou em abril do ano passado, quando um oficial da Polícia Militar formalizou a denúncia junto à Promotoria de Justiça.

Entre as várias práticas danosas relatadas pelo policial foi dada ênfase, levando-se em consideração seu conhecimento na área de segurança pública, ao risco que o ambiente oferece para o tráfico e consumo de drogas. Esse quadro se agrava ao se constatar que existem duas escolas a menos de 150 metros do local.

Da Assessoria de Imprensa do MPRN

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!