29 jan 2019
 Por 
Blog do Seridó
 às 
19:52min. 
 em 
Praça Gentil Ferreira também terá trabalho de manejo arbóreo

Reforma Praça Gentil Ferreira - João Maria AlvesO prefeito também conferiu o trabalho de reaproveitamento de manejo arbóreo, que consiste na trituração dos galhos de podas das árvores que passam por processo de trituração e é usado em compostagem e depois como adubo no projeto de arborização da cidade.

A Semsur deu início às podas das árvores do município no dia 5 de dezembro, após assinar o contrato com a Engemaia & Cia Ltda. O valor global do contrato com a empresa é de R$ 3.664.854,90. Em um período de 45 dias, desde a assinatura do contrato, mais de 700 árvores foram podadas e 300 m³ de resíduos remanescentes das podas de árvores, como galhos, troncos e folhagem, foram recolhidos. Esse material foi armazenado para que seja utilizado em breve como compostagem e, em seguida, como adubo do horto e demais áreas verdes do município.

De acordo com a diretora de Paisagismo da Semsur, Renata Larissa, além de configurar a cidade do Natal como uma capital que preza pelo meio ambiente e busca ser cada vez mais sustentável, a iniciativa adotada para a realização de compostagem também gera economia aos cofres do município, uma vez que se evita a compra de adubos para a paisagismo da cidade. “A destinação correta do material recolhido também reflete uma preocupação com o meio ambiente, tendo em vista que diminui a emissão de gases que contribuem para o efeito estufa”, acrescentou. Agora, a Semsur estuda a possibilidade de enriquecer a compostagem utilizando o material orgânico gerado pelas feiras livres e mercados públicos da cidade.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com