31 mar 2012
 Por 
Blog do Seridó
 às 
15:40min. 
 em 
Aftosa: reprovação da Paraíba e do Rio Grande do Norte nas auditorias compromete o avanço

Representantes de Alagoas, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pará, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte assinaram termo de compromisso para garantir o prosseguimento do projeto de ampliação da zona livre de febre aftosa do Brasil.

No acordo, proposto pelo Ministério da Agricultura (Mapa), os secretários da Agricultura dos estados se comprometem a executar integralmente as medidas acertadas nos Planos de Ação – e complementares – para correção das deficiências apontadas em auditorias realizadas em 2011 e no início de 2012.

As autoridades estaduais também garantem o cumprimento das condições exigidas para o avanço dos trabalhos. O objetivo é alcançar os resultados mínimos satisfatórios para itens considerados imprescindíveis e melhorar os demais critérios sem retrocesso nos 27 pontos avaliados pelo Mapa.

Cinco estados do Nordeste e o Pará foram aprovados nas auditorias e já estão incluídos na próxima fase do cronograma, que será a realização do inquérito soroepidemiológico.

Paraíba e Rio Grande do Norte precisarão passar por novas avaliações. Enquanto as adequações exigidas pelo Mapa não forem feitas, estes estados terão restrições para transitar com seus animais susceptíveis à febre aftosa e produtos pelos estados vizinhos. A expectativa é que os dois estados façam os ajustes a tempo de participar do inquérito soroepidemiológico e do restante do processo junto com os demais estados do Nordeste.

O principal objetivo é permitir que a região seja reconhecida nacionalmente como livre de febre aftosa com vacinação ainda este ano, o que dependerá da implementação das melhorias recomendadas e dos resultados da investigação soroepidemiológica. Somados, os convênios plurianuais estabelecidos pelo Mapa com os estados (exceto Piauí e Rio Grande do Norte) atingem R$ 100 milhões.

Do PB Agora


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com