01 nov 2012
 Por 
Blog do Seridó
 às 
12:15min. 
 em 
Segurança no Enem: Malotes com provas tem lacre eletrônico

Neste fim de semana, 5,7 milhões de estudantes farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). E para garantir a segurança contra fraudes no transporte de malotes com as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) comprou, pelo valor de R$ 3,7 milhões, lacres eletrônicos para serem utilizados nas provas que acontecem neste final de semana.

Cada lacre eletrônico serve para transportar, com segurança, um malote, podendo ser utilizado seis vezes – a aplicação deste recurso se repetirá em outros exames, como o Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes) e o Prova Brasil.

Quem for bem sucedido, além de ter grandes chances de ingressar em uma universidade federal, também poderá participar do Ciência sem Fronteiras (CSF), programa do governo federal que tem entre suas metas enviar 27,1 mil alunos da graduação para uma temporada de estudos no exterior até 2015.

A nota do Enem é utilizada como critério classificatório para a seleção dos alunos que serão contemplados pelo programa. Se o número de vagas oferecido em determinado edital for menor que o de candidatos aptos, levará vantagem quem obteve melhor resultado no exame nacional – desde que a média nas provas objetivas e na redação tenha sido de pelo menos 600 pontos.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!