26 fev 2013
 Por 
Blog do Seridó
 às 
09:20min. 
 em 
Principal cardeal britânico renuncia em meio a alegações de abusos

O principal clérigo britânico da Igreja Católica, o cardeal Keith O’Brien, renunciou nesta segunda-feira como arcebispo de St. Andrews e Edinburgo após alegações de abuso contra quatro padres na década de 1980. O’Brien nega as acusações. De acordo com a Igreja Católica da Escócia, o papa Bento 16 aceitou a renúncia.

O cardeal confirmou que não participará do conclave em que será eleito o sucessor do papa, que deixa o cargo oficialmente na quinta-feira , fazendo com que o Reino Unido não tenha representante na votação.

Em uma declaração, o cardeal O’Brien afirmou que entregou há meses sua carta de renúncia, que entraria em vigor quando ele fizesse 75 anos em 17 de março, mas que Bento 16 “agora decidiu que ela passará a valer desde hoje”. Segundo ele, em seu lugar ficará um admistrador apostólico para governar a arquidiocese até que seu sucessor seja nomeado.

A renúncia do principal clérigo da Igreja Católica no Reino Unido em meio a alegações de comportamento impróprio cria um crise para a igreja na Escócia e representa um amplo golpe para toda a instituição enquanto ela batalha para melhorar sua reputação antes da eleição papal.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!