07 jul 2015
 Por 
Blog do Seridó
 às 
15:01min. 
 em 
Papa tenta amenizar tensão política antes de missa no Equador

ecuador_pope_fran

O Papa Francisco tentou amenizar a tensão no Equador, em função dos protestos antes da missa campal desta terça-feira (7), em Quito, e na qual estará o presidente Rafael Correa, alvo de manifestações que exigem sua saída do poder.

O Papa pediu o fim das diferenças antes do encontro com os fiéis no Parque Bicentenário, onde oficiará a última liturgia antes de partir para a Bolívia, na quarta-feira (8). Segundo o governo, cerca de 900.000 fiéis estão reunidos para acompanhar a missa campal.

“Vou dar a benção para este grande e nobre povo equatoriano; para que não haja diferenças (…), que não haja gente que se descarte. Que todos sejam irmãos, que se incluam todos e que não haja ninguém excluído desta grande nação”, disse o Papa segunda-feira à noite em visita à catedral metropolitana.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!