29 set 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
11:51min. 
 em 
Padre condenado por abuso de meninas é preso no Rio Grande do Sul

Um padre procurado desde junho pela Justiça catarinense foi preso na noite de segunda-feira no noroeste do Rio Grande do Sul.

Avelino Backes, 70 anos, foi condenado em 2008 pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) a sete anos de prisão, por atentado violento ao pudor contra meninas das paróquias de Piratuba e Ipira, no oeste catarinense.

O religioso, atualmente aposentado, sofre de mal de Parkinson e foi localizado no Hospital Vida e Saúde, em Santa Rosa, onde está internado.

Os crimes de Beckes teriam ocorrido na década de 90.

À época, meninas entre 9 e 10 anos reclamaram para os pais que o padre acariciava seus corpos, com a desculpa de arrumar suas vestes na sacristia antes das missas.

O abuso também teria ocorrido durante as aulas de catequese e em passeios.

Inicialmente, o padre havia sido condenado apenas ao pagamento de multa por insubordinação ofensiva, mas o Ministério Público (MP) apelou ao TJ-SC.

Backes morava havia quase dois anos no município gaúcho de Santo Cristo.

Enquanto ficar no hospital, o religioso estará sob a custódia da Polícia Militar (PM).

Com informações do Jornal Zero Hora
Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!