19 mar 2012
 Por 
Blog do Seridó
 às 
23:56min. 
 em 
O programa “Tribuna do Seridó” retorna com grande audiência

O ex-deputado Álvaro Dias retornou com seu programa Tribuna do Seridó nesta segunda-feira, 19, em grande estilo. Durante a execução do programa, das 18 às 19 horas, a rádio 106 FM foi bombardeada com inúmeros telefonemas de ouvintes, dando opiniões sobre os diversos temas polêmicos abordados no seu decorrer. Esses temas, foram dissecados pelas discussões que ocorreram no programa coordenado pelo ex-deputado, com muitas questões, sendo bastante  aprofundadas nos debates  travados por Luciano Vale, Meiriely Chacon e Alexandre Costa.

As participações dos ouvintes, surpreenderam pela grande quantidade de ligações telefônicas feitas. A questão dos assaltos, praticados em número cada vez mais crescente, por menores de 16 e 17 anos em Caicó, gerou uma polêmica, com a radialista Meiriely defendendo a redução da maioridade para delinquentes: “Se um jovem de 16 anos pode votar e escolher o presidente da República, porque não pode responder pelos seus crimes – indagou… Para afirmar: Acho que deveria sim, responder por isso cumprindo pena. Isso deveria mudar – disse. Outros discordaram.

Mas o programa esquentou quando Luciano Vale lembrou que Toinho Santiago declarou na praça da alimentação em Caicó que Bibi Costa fez o convite para que ele fosse seu candidato a prefeito da cidade e ele, segundo Luciano, na presença de várias pessoas, no Beirute, disse que aceitara o desafio.

Alguém lembrou que as informações correntes na cidade, eram de que ele teria também feito esse mesmo convite a várias outras pessoas. Nesse momento, o radialista Chico Gregório ligou para o programa e disse que os convites feitos por Bibi Costa, à pessoas que poderiam ser candidatas a prefeito com seu apoio, “se somadas, daria para formar um time de futebol” – despertando risos.

O programa continuou de forma descontraída, com muitos telefonemas, de forma que, pelas interrupções dos ouvintes, a entrevista concedida pelo diretor do Ibama sobre a interdição dos balneários não pode ser rodada por falta de tempo, ficando para amanhã. A questão da insegurança na cidade, além das prisões de outras pessoas envolvidas na morte do jornalista F. Gomes, que seriam assuntos a serem abordados, ficaram para as 18 horas dessa terça feira, já que o programa será diário.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!