26 set 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
10:53min. 
 em 
Milhares de pessoas vão ao encontro de Carlos Eduardo em São Paulo do Potengi

São Paulo do Potengi saiu de casa para receber o candidato ao Governo Carlos Eduardo (PDT) na noite deste sábado (25).  

Nas calçadas, praças e cruzamentos, milhares de pessoas se aglutinaram para cumprimentar o candidato, que, em companhia do candidato ao Senado Sávio Hackradt (PCdoB), a liderança Pacelli (sem partido) e demais candidatos percorreram em carro aberto as ruas da cidade.

“Que noite bonita, como foi emocionante!”, agradeceu Carlos Eduardo depois em comício onde nova multidão o ouvia.

Ele criticou a forma como a administração pública vem sendo conduzida no Rio Grande do Norte. “Aqui os cargos políticos ainda são moeda de barganha. Quando assumem, os governantes vão cuidar do interesse dos deputados, dos prefeitos. Assumem com uma visão estreita. Por isso, não há planejamento, não há metas. Por isso, ainda falta água de qualidade em São Paulo do Potengi, por isso essa estrada que dá acesso à BR é tão precária”.

Carlos Eduardo enumerou algumas das suas conquistas na Assembleia Legislativa – a regulamentação do Fundo de Ciência e Tecnologia, a extinção da pensão vitalícia para ex-prefeitos e a retirada dos cargos oficiais dos deputados -, na secretaria de Interior, Justiça e Cidadania – as Centrais do Cidadão – e na prefeitura de Natal.

“No final da minha administração, publicaram uma pesquisa mostrando que eu era o prefeito com maior aprovação nos últimos 50 anos. E, realmente, foram 28 escolas, mais de 2.500 casas populares, saneamento básico de vários bairros”. 

Em seguida, disse que o seu “segredo” é escolher pessoas com perfil técnico e competente para o secretariado. “Esse é o novo jeito de administrar a coisa pública”.

Carlos Eduardo falou de seus projetos para a saúde, educação, industrialização do interior e saneamento básico. “A falta de saneamento básico tem matado muitas de nossas crianças. Nós não podemos continuar aceitando que crianças continuem a morrer no nosso estado de causas evitáveis”.

No final, o candidato convocou as pessoas presentes a votarem de forma consciente em 03 de outubro. “No dia das eleições, é só você, a urna e sua consciência. Se acham que eu estou preparado, aperte o ‘1’, aperte o ‘2’ e confirme!”.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!