10 maio 2015
 Por 
Blog do Seridó
 às 
12:52min. 
 em 
Manifestantes promovem panelaço na chegada de Dilma a casamento de médico

A presidente Dilma Rousseff foi recebida com vaias no casamento do cardiologista Roberto Kalil Filho, na noite de sábado (9), em São Paulo. Cerca de 30 pessoas aguardavam, com panelas e apitos, a chegada de Dilma em frente à cerimônia, no bairro Itaim Bibi. “Fora PT” e “Dilma ladra” foram algumas das frases proferidas pelos manifestantes. Moradores de prédios vizinhos e frequentadores de bares da região também aderiram ao protesto.

Dilma é madrinha de casamento do cardiologista — médico da presidente e também de Lula — com a endocrinologista Claudia Cozer. A cerimônia também contou com a presença de outros políticos, como o ministro da Justiça, Eduardo Cardozo; o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante; o presidente do PT, Rui Falcão; o presidente da Câmara, Eduardo Cunha; o presidente do Senado, Renan Calheiros; e o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad.

Entre os manifestantes, a maioria pedia o impeachmente da presidente — que deixou o local por volta das 22h45min. Convidados relataram que o protesto pôde ser ouvido durante a cerimônia, mas não na hora do jantar.

A presidente Dilma Rousseff e Lula lado a lado no altar, durante a cerimônia. Os dois, padrinhos do casal, mal se falaram. Na cerimônia, Dilma fez o sinal da cruz; Lula não.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!