18 dez 2012
 Por 
Blog do Seridó
 às 
20:54min. 
 em 
Juiz julga processo e reconhece que a reprovação das contas de Carlos Eduardo pela Câmara é nula

O Juiz Geraldo Mota julgou ação ajuizada por Carlos Eduardo, prefeito eleito de Natal, em face da Câmara Municipal de Natal, e entendeu que a reprovação das contas pela câmara era nula. Portanto, não existe qualquer risco de Carlos Eduardo (PDT) não assumir o mandato de prefeito, como muitos ainda aguardavam, em razão da reprovação das contas pela Câmara Municipal de Natal, uma vez que o juiz reconheceu que esta não poderia ter agido assim.

Assim, o juiz confirmou, ao julgar o mérito da ação proposta por Carlos Eduardo, que a Câmara Municipal de Natal não poderia ter reprovado as contas do mesmo por atos não apreciados pelo TCE no parecer previo de órgão de contas.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!