12 mar 2013
 Por 
Blog do Seridó
 às 
09:49min. 
 em 
Durante fuga, dupla fura bloqueio e atropela policial

Após denúncia anônima, a Central de Operações do 6º BPM de Caicó determinou um bloqueio policial nas imediações da Kipauá Veículos, BR-427, saída para Jardim do Seridó, assim como enviou ao bairro Itans, uma viatura do GTO, para que esta averiguasse um veículo Celta que se encontrava numa residência daquele bairro.
A denúncia levantava a suspeita da propriedade de um veículo Celta, que se encontrava guardado em uma garagem naquele bairro, e que dois homens em uma moto, jamais vistos por lá, circundavam o carro, certamente na tentativa de resgatá-lo, haja visto esse veículo pertence a Wendel Catingueira, e que teria sido entregue (penhorado) por a uma pessoa do bairro Itans por causa de uma dívida no valor de 900 reais, motivo pelo qual dar-se-ia o resgate.
Homens da Polícia Militar que ficaram no aguardo da dupla, nas imediações da Kipauá Veículos, deram sinal de parada, sendo desobedecido pelos mesmos, logo iniciando-se uma perseguição por vários locais da cidade, havendo em seguida, já no bairro Acampamento, uma interceptação e cerco policial à dupla, que no intuito de fugir da ação policial, atropelou o Sd Gilson, que caiu ao chão com fratura na perna esquerda, sendo resgatado por uma equipe do Corpo de Bombeiros, além de causar danos materiais na viatura da PM.
A dupla foi identificada como Fagner Pereira dos Santos, 20 anos, casado, morador do bairro recreio, em Caicó, e Wildson Paulino de Medeiros, 25 anos, solteiro, morador do bairro Samanaú, este albergado, pagando pelo crime tipificado no artigo 33 (tráfico de drogas), e possivelmente o mentor do resgate do veículo, segundo mesmo relatou seu comparsa, que muito nervoso, alegava inocência, já que a moto YBR de placa MZH-5037, e que só tinha ido naquela parada a pedido dele (Wildson Catingueira), este também se dizendo inocente, porém tentou enganar a Polícia omitindo o verdadeiro nome, assim como disse desconhecer a propriedade do Celta, peça chave da movimentação.
O comandante do 6º BPM deslocou-se até o hospital regional de caicó para prestar apoio ao soldado, vítima da lesão na perna, e confirmou que a polícia irá trabalhar para desvendar o verdadeiro motivo de a dupla ter empreendido fuga, já que um dos policiais viu Wildson levando algo volumoso debaixo da camisa, e quando abordado, não mais foi percebido esse objeto, acredita-se inclusive que poderia ser uma arma de fogo, ou em outra hipótese levantada, uma quantidade de drogas.
Fonte e Foto: Jair Sampaio
Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!