11 jul 2015
 Por 
Blog do Seridó
 às 
20:45min. 
 em 
Em missa, papa diz que Guerra do Paraguai foi injusta

PAPA FRANCISCO

Em sua primeira missa no Paraguai, o papa Francisco tocou em um ponto doloroso da história local: a guerra que derrotou o país por uma aliança formada por Brasil, Argentina e Uruguai no século 19.

Francisco classificou o conflito de “injusto”, o que tem um significado especial pelo fato de o papa ser argentino. A Guerra do Paraguai dizimou mais da metade da população do país e a maior parte do contingente masculino, o que comprometeu o desenvolvimento paraguaio. O país é hoje um dos mais pobres da América do Sul, com uma riqueza por habitante inferior à metade da dos brasileiros.

“Com grande valor e abnegação, [as mulheres paraguaias] souberam levantar um país derrotado, afundado, submergido por um guerra injusta”, afirmou o papa no santuário da Virgem de Caacupé —localizado na cidade de Caacupé, a cerca de 50 km da capital Assunção—, padroeira do Paraguai. “Vocês têm a memória e a genética dos que reconstruíram

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!