17 set 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
17:08min. 
 em 
Seridó terá recursos do BID para desenvolver o turismo

Cerca de US$ 45 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) serão investidos no Rio Grande do Norte através do Prodetur (Programa Nacional do Desenvolvimento do Turismo).

A aplicação desses recursos ocorrerá nos polos de turismo Costa das Dunas, Costa Branca e Seridó.

Depois de receber a visita de quatro missões do BID, que aprovou o primeiro contrato de empréstimo, os próximos passos antes de receber os recursos serão obter a aprovação final da operação de crédito junto à Secretaria de Assuntos Internacionais (SEAIN) – do Ministério do Planejamento – e ao Senado Federal.

Entre os projetos que receberão os recursos do BID estão a qualificação profissional e a sinalização turística dos polos Costa Branca e Seridó e os Sítios Arqueológicos do Seridó.

Também serão beneficiados os ancoradouros para o Turismo Náutico nos polos do litoral, a implantação do Museu da Rampa, a urbanização da av. Baía dos Golfinhos em Pipa e da rua Vereador Ricardo Afonso (Genipabu), além da urbanização de outras orlas dos litorais Norte e Sul do estado e do Corredor Cultural de Natal (entre a Ribeira e o Centro da Cidade).

Todo esse processo, que inclui a negociação dentro do Brasil para a aprovação dos recursos internacionais, deverá durar até o final deste ano.

Do total de recursos contratados pelo Rio Grande do Norte junto ao BID, US$ 45 milhões, US$ 30 milhões representam a contrapartida do estado, dos quais 90% virão de convênios com o Ministério do Turismo.

O prazo para o envio dos recursos, o início e a conclusão das obras deverá ser de quatro anos, a partir da assinatura do Contrato de Empréstimo, que deverá ocorrer no primeiro trimestre de 2011.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!