01 fev 2015
 Por 
Blog do Seridó
 às 
11:20min. 
 em 
Seis detentos fogem do Presídio Provisório Raimundo Nonato

Agentes penitenciários encontraram corda feita de pano na manhã deste domingo (1) (Foto: Divulgação/Coape)

A direção do Presídio Provisório Raimundo Nonato Fernandes vai apurar as circunstâncias da fuga de seis presos na madrugada deste domingo (1) na Zona Norte de Natal. Os detentos serraram oito grades pelo caminho e usaram uma ‘teresa’ – corda feita com pedaços de pano – para pular o muro da unidade prisional. Do lado de fora ainda foram encontradas duas camisas novas e um alicate.

Pelas evidências, o diretor do presídio, Eider Brito, afirma que ação dos presos foi planejada. “Encontramos cinco celas serradas em um dos pavilhões. As três grades que dão acesso ao corredor e quadra também estavam serradas. Na quadra, eles usaram a teresa para pular o muro”, afirma. A fuga aconteceu no Pavilhão B, onde estão encarcerados uma média de 160 homens.

De acordo com o diretor, há uma guarita a 18 metros de onde os detentos escaparam. No entanto, o diretor diz ter sido informado que houve uma pane nos refletores entre 0h e 1h, horário em que ocorreu a fuga. “O guariteiro nos disse que houve uma pane nas luzes e os quatro holofotes apagaram”, ressalta. A fuga só foi percebida por volta das 5h30, quando um agente penitenciário encontrou a corda de panos usada pelos fugitivos.

“Vamos apurar o que aconteceu. Não quero que fique impune. Podia ter saído todo mundo. Não saíram porque não quiseram”, disse o diretor. Os fugitivos são Iran Sérgio Barbosa Lúcio, Elias Messias de Andrade Júnior, Fredson dos Santos Figueiredo, André Luís Monteiro, Daniel Sidney de Aquino e Rodrigo do Nascimento Silva.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!