10 jul 2012
 Por 
Blog do Seridó
 às 
05:45min. 
 em 
Sai novo laudo da CAERN sobre qualidade da água potável em Natal

Os natalenses podem ficar aliviados pois o laudo mais recente sobre a qualidade da água dos bairros das zonas Sul, Leste e Oeste, elaborado pela Caern, que saiu hoje, comprova que os ínidces de cor e turbidez da água estão dentro dos parâmetros estabelecidos pela Portaria 2.914 do Ministério da Saúde. De acordo Afonso Holanda, gerente de Qualidade da Água e Meio Ambiente da Caern, “os atuais índices são de 20 uH (Unidade de Cor) e de 10 NTU (Unidade Nefelométrica de Turbidez), mas com a diluição das águas da lagoa do Jiqui com os poços da Caern, os índices caem ainda mais, fazendo com que o produto chegue nas torneiras com cor e turbidez dentro dos padrões estabelecidos pelos órgãos ambientais”. Os limites estabelecidos pela portaria do Ministério da Saúde são de 15 uH para cor e de 10 NTU para turbidez.
A mudança no aspecto da água foi provocada pelo assoreamento do rio Pitimbu, que alimenta a lagoa do Jiqui, principal fonte de abastecimento superficial de água das zonas Sul, Leste e Oeste de Natal. Além do carreamento de areia com as chuvas, o rio vem passando por um processo cada vez mais preocupante de degradação, através da retirada da mata ciliar do seu entorno e da exploração imobiliária às suas margens, o que faz com que a Caern tenha que aumentar o uso de produtos químicos no processo de tratamento, garantindo que a água que chegue às torneiras do consumidor esteja dentro dos padrões de potabilidade estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Quanto à qualidade da água, ele tranqüiliza a população e garante que todos os cuidados estão sendo tomados e que a água que chega às torneiras é própria para consumo.
Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!