03 jul 2013
 Por 
Blog do Seridó
 às 
06:58min. 
 em 
Promotor do Estado quer saber se seis Multiníveis tem sustentabilidade

O promotor de Justiça de Defesa do Consumidor Alexandre Cunha Lima (foto), que vai investigar a atuação de empresas de marketing multinível no Rio Grande do Norte, disse que o objetivo da inquérito civil é proteger o consumidor potiguar.

As empresas investigadas são: Telexfree, BBom, NNex, Multiclick, Priples e Cidiz. A Promotoria de Defesa do Consumidor será responsável por apurar se o funcionamento destas empresas se constitui em pirâmide financeira.

“Se provarmos que a empresa não tem sustentação com a venda de produtos ou serviços, começa a se caracterizar a pirâmide financeira. Caso não seja provado, o procedimento é o arquivar o inquérito” explica Alexandre da Cunha Lima, que participa do inquérito civil junto com os promotores José Augusto Peres e Sérgio Sena.

Os processos sobre as seis empresas serão distribuídos entre os três promotores.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!