16 abr 2013
 Por 
Blog do Seridó
 às 
07:47min. 
 em 
Prefeitura de Caicó fecha parceria com Aldeias Infantis SOS e repassa recursos

A Prefeitura de Caicó está repassando para as Aldeias Infantis SOS Brasil recursos da ordem de 100 mil reais. O dinheiro já está na conta da entidade e faz parte de um Termo de Convênio para Execução dos Serviços de Acolhimento Institucional, Proteção Social Especial a Crianças e Adolescentes. O termo foi assinado entre as Aldeias, representada pelo seu presidente Francisco de Assis Santiago Júnior, pelo prefeito Roberto Germano e pela secretária de Assistência Social, Soraya Góis.

Para Júnior Santiago, a parceria mostra o compromisso da gestão municipal em possibilitar que os seus programas realizados na cidade, no âmbito social com criança e adolescente tenham a disposição recursos públicos que possibilite cada vez melhorias dessa qualidade de atendimento. Santiago reforça que os recursos serão direcionados para as áreas de desenvolvimento da criança.

“São áreas focadas na saúde e nutrição, nas necessidades médicas e na sua necessidade de nutrição, dentro do contexto de desenvolvimento integração-sóciocultural, que é toda sua relação com a comunidade, com os serviços, equipamentos dentro das Aldeias”, explicou.

De acordo com o prefeito Roberto Germano, a assinatura do Termo de Convênio contou com a aprovação do Conselho Municipal, através da Secretaria de Assistência Social. O prefeito diz não ter dúvidas de que com a ajuda, as Aldeias continuará  prestando serviços de qualidade como sempre prestou, sobretudo com a questão das Casas-Lares.

Já depositamos os 100 mil reais em uma única parcela e as Aldeias já pode usar esses recursos. Essa parceria do Município com as Aldeias SOS é importante pois temos também dentro dela funcionando uma escola municipal. Parceria boa é quando ela é importante para todos os lados, e o foco principal nosso é o atendimento a criança e o adolescente”, disse Germano.

Quem também defendeu a parceria foi a secretária de Assistência Social, Soraya Góis. Como o Serviço de Proteção Social deixou de ser da competência do Estado e tornou-se municipalizado, o Município entendeu por bem firmar parceria com as Aldeias SOS, referência em todo o Rio Grande do Norte quando se refere a Casas-Lares. “Na hora em que uma criança está em estado de orfandade, de abuso temos que ter uma Casa-Lar para trazer essas crianças e hoje no Seridó a referência é as Aldeias SOS”, finalizou.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!