08 fev 2015
 Por 
Blog do Seridó
 às 
17:53min. 
 em 
“O poder público nunca teve controle sobre as receitas e despesas do marizão” denuncia secretário adjunto

A declaração é do secretário estadual adjunto do Esporte e do Lazer, Canindé de França, em entrevista ao Blog do Seridó na visita feita por ele ao município na semana passada. Ele confirmou que o Governo do Estado quer acompanhar as receitas e despesas da gestão do Estádio Senador Dinarte Mariz, em Caicó. Atualmente, o marizão tem receita própria mensal.

“O secretário George Câmara quer construir um modelo de gestão para o marizão. O estádio tem receitas e despesas e pertence ao Governo do Estado, mas o poder público nunca teve controle sobre isso. Agora estamos buscando um acompanhamento da gestão do estádio, um caminho para essa situação que achamos grave”, destacou Canindé.

De acordo com ele, “essa praça esportiva é pública e não particular. Tudo que é público precisa está submetido as regras da transparência, da moralidade, da publicidade, da eficiência, da legalidade, é o que diz a constituição. E é o queremos que se realize”, explicou.

Ainda segundo o secretário, esse modelo de gestão será construído junto a Procuradoria Geral do Estado, com a Controladoria Geral, com a secretaria de administração e coordenado pela secretaria de esporte e lazer. “O modelo que estamos buscando é o das informações, mas não há até o momento um modelo de gerenciamento. O estádio vem sobrevivendo com base em um improviso informal e com pessoas vulneráveis”, finalizou.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!