27 jun 2015
 Por 
Blog do Seridó
 às 
17:57min. 
 em 
Mercadante nega irregularidade em doações da UTC e retoma discurso de vazamento seletivo

O ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, negou neste sábado que parte da doação à sua campanha ao governo de São Paulo em 2010 pelo Grupo UTC tenha sido feita de maneira ilegal e retomou o discurso de vazamento seletivo feito mais cedo pelo ministro da Comunicação Social, Edinho Silva.

Em delação divulgada na véspera pela imprensa, o dono da UTC Engenharia, Ricardo Pessoa, teria indicado que 250 mil dos 500 mil reais doados teriam ido para o caixa 2 da campanha.

Segundo Mercadante, foram doados legalmente 250 mil pela UTC e a mesma quantia pela Constran, empresa do grupo UTC Engenharia, repetindo argumento utilizado na véspera em nota à imprensa. “As duas foram contribuições, foram legais, estão oficializadas e portanto não procede essa suspeição”, disse neste sábado.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!