03 fev 2015
 Por 
Blog do Seridó
 às 
11:33min. 
 em 
Índice de satisfação com compras na internet é de 93%

O comércio virtual no Brasil tem se estabelecido cada vez mais como uma forma segura de realizar as compras. Uma pesquisa nacional realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL)  mostra que nove em cada 10 consumidores virtuais (93%) estão satisfeitos com as compras feitas pela internet.

Além disso, o estudo revela que a primeira experiência de compra virtual ocorreu antes de 2013 para 81% dos entrevistados ― o que indica, na visão dos economistas do SPC, que este tipo de comprador está cada vez mais experiente.

De acordo com o levantamento, o medo de ser enganado, ou seja, de pagar pelo produto e não receber, é cada vez menor: só 6% dos entrevistados que evitam a compra de produtos específicos dizem não fazer compras pela internet por terem receio de não receber a mercadoria. E segundo os próprios entrevistados, são várias as vantagens envolvidas numa compra online. Para 74% dos consumidores virtuais, a comodidade de poder comprar sem sair de casa é uma das  principais vantagens da compra virtual.Já metade deles (50%) cita o preço baixo entre os maiores benefícios. Outros 33% mencionam a economia de tempo e 27% citaram a facilidade para comparar produtos de marcas concorrentes.

O estudo também revela que navegar neste ambiente já não é novidade para os brasileiros que já compram na internet: nove em cada dez consumidores virtuais (93%) usam a internet há, no mínimo, três anos. Os compradores virtuais mais assíduos, em geral, são os mais escolarizados e possuem maior renda: um em cada cinco entrevistados (23%) realizou mais de 10 compras virtuais em 2014. E nesse ambiente familiar, o internauta se sente à vontade para escolher o site que ofereça o menor preço e a maior qualidade: 56% dos entrevistados escolhem a loja virtual a partir de sites que comparam preços. Já 49% deles optam pelas lojas mais conhecidas e 40% dizem pesquisar em sites de reclamações. Dentre os fatores que influenciam na escolha do site também foram citados o frete grátis (23%) e as indicações de amigos, parentes e conhecidos (22%).

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!