06 nov 2014
 Por 
Blog do Seridó
 às 
12:49min. 
 em 
Governo nega risco de racionamento de energia em 2015

O secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, disse nesta quinta-feira (6) que a informação de que risco de faltar energia no país em 2015 chegou a 5%, máximo tolerado pelo governo e que foi divulgado no dia anterior pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), “não significa nada”. De acordo com ele, não há chance de racionamento no ano que vem.

“Não existe [risco de déficit de energia no país] fora daquilo que o sistema é planejado, que se trabalha com o planejamento do sistema”, disse Zimmermann, que participa nesta quinta de um evento da Associação Brasileira dos Produtores Independentes de Energia Elétrica (Apine), em Brasília.

Ele apontou que só será possível calcular o real risco de faltar energia no país ao fim da época de chuvas mais intensas, que começa em novembro e termina em abril do ano que vem. Nesse período, a tendência é que os reservatórios voltem a se encher. Em 2014, porém, choveu menos que o necessário, o que trouxe crise ao setor elétrico e temores de um novo racionamento.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!