17 abr 2021
 Por 
Blog do Seridó
 às 
12:54min. 
 em 
Fiocruz alerta sobre síndrome respiratória associada à covid-19

A nova edição do boletim semanal Infogripe, divulgada nesta sexta-feira (16) pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), mostra interrupção da queda no número de casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) que vinha ocorrendo nos estados do Maranhão e do Espírito Santo. Nos dois estados, os números se estabilizaram em um nível alto.

Segundo o boletim, todas as regiões do país permanecem na zona de risco, o que significa que o volume de ocorrências e óbitos por SRAG estão em patamar considerado muito alto.

Amazonas, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima e Santa Catarina ainda apresentam tendência de diminuição dos casos, como na última edição do Infogripe. No entanto, os dados indicam que tal tendência de queda também deverá ser interrompida nos cinco estados. O cenário amazonense é dos mais preocupantes: caso a estabilização se confirme, ela se dará em valores acima do pico observado em outubro do ano passado.

A SRAG é uma complicação respiratória muitas vezes associada ao agravamento de alguma infecção viral. O paciente pode apresentar desconforto respiratório e queda no nível de saturação de oxigênio, entre outros sintomas. As notificações aumentaram muito no ano passado em decorrência da pandemia de covid-19.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!