01 nov 2010
 Por 
Blog do Seridó
 às 
16:43min. 
 em 
Família de Toinho revoltada com libertação do réu confesso de sua morte

A família do professor Antônio Dantas de Oliveira (foto), o Toinho, assassinado no dia 19 de abril de 2009, está revoltada com a decisão judicial que revogou a prisão do réu confesso do crime, Alex Endrel Soares dos Santos.

A mãe de Toinho, Júlia Maria dos Santos, 85 anos, conversou com a imprensa de Caicó, nesta segunda-feira (1º), e disse que a decisão “reabriu a ferida no seu peito”, referindo-se à morte do filho.

Liberado pela Justiça na última sexta-feira, 29 de outubro, Alex cumpriu pena de apenas um ano e um dia. Segundo despacho da juíza Cíntia Cibele, o acusado não representava mais um risco para a sociedade.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!