17 fev 2013
 Por 
Blog do Seridó
 às 
14:37min. 
 em 
Está se configurando a maior sêca dos últimos cem anos no Seridó.

A insignificante quantidade de chuvas que caiu no RN o ano passado, fez com que todos os reservatórios de pequeno e médio porte secassem. Os reservatórios de grande porte como a Barragem das Carnaúbas, o açude Santo Antônio, o açude Itans passaram a racionar a água priorizando o consumo humano, deixando portanto de fornecer para irrigação.

A situação é crítica e grande parte do rebanho bovino morreu, alguns calculam que em tôrno de 70% deste desapareceu sendo dizimado pela falta d’água e pela ausência de pastagem. As últimas esperanças dos sertanejos estão concentradas para o final de fevereiro até meados de março, quando se até lá o inverno não se consolidar estará instaurado o caos, ou como disse um proprietário rural: “vamos assistir o fim de tudo, pois o que resta da zona rural vai se acabar”.

Mesmo com notícias esporádicas de algumas chuvas que têm caído no Agreste e até no Oeste do RN, os seridoenses do campo estão desencantados e sem esperança com relação ao inverno na região. Antônio Augustinho Silva, trabalhador rural com 55 anos disse que “Em toda minha vida nunca me deparei com uma situação dessa, em todas as sêcas que vi sempre caía alguma chuva, mas o ano passado ninguém viu chuva por aqui”. E se alguém quiser conferir o índice pluviométrico, basta pesquisar que vai dar razão a ele, nos últimos cem anos, este foi o menor índice de chuvas no Seridó.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!