16 fev 2015
 Por 
Blog do Seridó
 às 
12:16min. 
 em 
Empresária é morta a tiros em Messias Targino

Um crime com características de pistolagem. A empresária Rita de Cássia Medeiros Dantas, de 48 anos, foi executada a tiros às 18h30 deste domingo, 15, no Sítio Cacimba de Baixo, no município de Messias Targino/RN, por dois homens que fugiram a pé entrando no mato.

Dona Rita é ex mulher do médico Wilson Édino Jales, muito conhecido na região oeste do Rio Grande do Norte. Deixa dois filhos, sendo que um deles é o juiz Édino Jales de Almeida Junior, da 2 Vara Civil de Mossoró. Em Messias Targino, Rita Medeiros tinha um parque de Vaquejada e em Recife, no Estado do Pernambuco, administrativa outros negócios, como lojas de roupas.

Os policiais que atenderam a ocorrência contaram que Rita Medeiros estava sentada na área de casa de fazenda (casa da mãe) na companhia de três pessoas (mãe, filho e uma senhora vizinha), quando os atiradores surgiram do mato. Os tiros foram de espingarda calibre 12 e 44 a queima roupa. Ficaram várias capsulas no local.

Ainda conforme a fonte ouvida pelo De Fato.com, os atiradores entraram no mato e fugiram. A Policia Militar foi chamada para isolar o local e fazer os primeiros levantamentos. O delegado regional de Patu, Sandro Régis, foi avisado da ocorrência. O Instituto Técnico-científico de Policia (ITEP) foi acionado para remover o corpo para exames.

O pai e o irmão de Rita Medeiros haviam sido assassinados. Porém, as fontes que conversaram com o De Fato.com não souberam informar se tinha relação. Comentaram que são questões para serem investigadas.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!