01 abr 2013
 Por 
Blog do Seridó
 às 
00:13min. 
 em 
Direitos dos empregados domésticos aprovados pode causar desemprego

Os sete milhões de empregados domésticos no Brasil, tiveram agora seus direitos aprovados pelo congresso Nacional. Cerca de três quartos desses trabalhadores não têm carteira assinada. Com a aprovação da nova lei que estende a essa categoria todos os benefícios da legislação trabalhista, poderá ocorrer um revisionismo por parte dos empregadores, com a decisão de se demitir alguns desses tranbalhadores devido ao aumento do custo de sua manutenção.

O pagamento mensal desses trabalhadores aumentará muito com a obrigatoriedade do recolhimento integral do FGTS, INSS e obrigações sociais. Talvez tal fato não ocorra mesmo à princípio pois terá de se esperar algum tempo para regulamentar a lei. Segundo o Ministério do Trabalho, até o meio do ano, isso terá ocorrido com tudo funcionando como seguro desemprego, adicional noturno, hora extra, FGTS, etc. Com o aumento desse custo, provávelmente alguns empregadores poderão desistir de manter todos os seus empregados domésticos, com algumas demissões sendo feitas nesse setor.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!