11 nov 2017
 Por 
Blog do Seridó
 às 
15:26min. 
 em 
Desafio de Ceni no Fortaleza é montar um time que não existe

CENIPoucas horas antes de anunciar a contratação de Rogério Ceni como seu treinador para 2018, na tarde desta sexta (10), a diretoria do Fortaleza acertou a rescisão contratual de oito jogadores que participaram da Série C em 2017, na continuação de uma reformulação que será o primeiro desafio do ex-goleiro no comando da equipe cearense.

Ceni terá que montar um time do zero. Ou melhor, terá que montar um time a partir de dois jogadores. É isso o que o Fortaleza tem sob contrato para 2018: renovaram vinculo nos últimos dias o goleiro Marcelo Boeck e o volante Anderson Uchôa.

A contratação de Ceni pelo Fortaleza tem duas vertentes. Uma é o marketing em torno da aquisição, já que ele é um dos maiores ídolos do São Paulo, e vai atrair mídia e, espera-se, patrocinadores. O segundo é o de ter um treinador novato (o Fortaleza será o segundo clube do profissional de 44 anos), que tenha motivação de turbinar com uma boa campanha na Série B do ano que vem para mostrar que pode sim ser um técnico de sucesso.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!