09 dez 2014
 Por 
Blog do Seridó
 às 
12:11min. 
 em 
Cresce o nº de mulheres que esperam os 30 para engravidar, diz IBGE

Janaína Murena preferiu esperar e, aos 32 anos, está grávida de dois meses

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), muitas mulher preferem adiar a maternidade para depois dos 30.

Entre 2003 e 2013, a proporção de nascimentos provenientes de mulheres com 20 a 24 anos de idade passou de 30,9% para 25,3%. Já entre as mulheres de 30 a 34 anos houve aumento de 14,5% para 19,4% no mesmo período, indicando uma tendência de envelhecimento no padrão reprodutivo das mulheres, aponta a pesquisa Estatística do Registro Civil, divulgada nesta terça (9).

Chama a atenção ainda o alto número de adolescentes entre 15 e 19 anos que são mães. Apesar da taxa ter caído de 20% em 2003 para 17,7% em 2013, o indicador permanece elevado. Segundo o IBGE, a maternidade entre mulheres jovens é um dos fatores que dificultam a permanência das adolescentes na educação formal.

A pesquisa mostra ainda uma queda drástica no sub-registro de nascimento, que corresponde ao conjunto de nascimentos não registrados no próprio ano de ocorrência ou até o fim do primeiro trimestre do ano seguinte. Enquanto em 2003 a estimativa foi de 18,8%, em 2013 este número caiu para 5,1%, indicando um avanço na cobertura do registro civil de nascimentos.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!