05 mar 2012
 Por 
Blog do Seridó
 às 
06:06min. 
 em 
Câmara de Caicó leva alunos à Paraíba para conhecer vida de José Américo de Almeida

A Câmara Municipal de Caicó realizou nos dias 02 e 03 de março uma visita à Fundação Casa José Américo e à Estação Cabo Branco Ciência, localizadas na cidade de João Pessoa/PB. O presidente da Casa, Dilson Freitas Fontes, o Leleu, reuniu diretores, supervisores, professores e 120 estudantes selecionados do 9º ano foram à capital paraibana para o resgate da memória do escritor e político paraibano que se destacou na literatura brasileira como autor de “A Bagaceira”, de 1928, e na vida pública ocupando importantes cargos, como ministro da Aviação e Obras Públicas. Em 1932, ele autorizou a construção do açude Itans em Caicó, que, posteriormente, recebeu o seu nome através de projeto de Lei do vereador Leleu. 

Recentemente, o Legislativo caicoense realizou o concurso cultural “Vida e Obra de José Américo de Almeida”, sob a coordenação da pedagoga Roxana Silva. Foram premiadas as quatro melhores redações, no dia 13 de dezembro de 2011.

A comitiva foi recebida pelo presidente da Fundação Casa de José Américo, Flávio Sátiro Fernandes Filho, e a diretora do Museu Casa de José Américo, Janete Lins Rodrigues, que ofereceram ao final um almoço de confraternização. Depois da apresentação dos visitantes, o grupo percorreu a residência do ministro de José Américo, em frente à praia do Cabo Branco, que foi transformada em local de preservação da historia do período em ele a ocupou, entre 1950 e 1980

O local reúne um valioso acervo com obras de arte, objetos de uso pessoal, mobiliário, peças de vestuário, medalhas, comendas, manuscritos, documentos e publicações originais de José Américo numa reconstituição dos ambientes que impressiona, inclusive pelo arquivo fotográfico, a biblioteca e o mausoléu. “Sinto-me um homem público realizado. Tenho convicção que pratiquei mais um ato de justiça, pois precisávamos fazer esse reparo à memória de José Américo, que levou ao conhecimento das autoridades de sua época a triste realidade da seca do Nordeste e trouxe a redenção hídrica ao município de Caicó”, disse Leleu.

Depois, os alunos puderam conhecer a moderna Estação Cabo Branco Ciência, Cultura e Artes, que foi projetada para abrigar e difundir as atividades científicas, artísticas e culturais da cidade de João Pessoa.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!