05 jul 2015
 Por 
Blog do Seridó
 às 
09:21min. 
 em 
Brasil: Aumentam os casos de calvície feminina

335791-Descubra-quais-são-os-mitos-e-tratamentos-da-calvície-feminina-2

Diferentemente do que muitos acreditam, a calvície não é um problema que se restringe ao universo masculino. Pelo contrário, a inimiga número um da vaidade dos homens também tem assombrado, e muito, as cabeças femininas. Estudos realizados pela Academia Americana de Dermatologia mostram que, de um total de 2 bilhões de pessoas no mundo que enfrentam os efeitos da calvície, mais de 100 milhões são mulheres. No Brasil, o problema atinge cerca de 40% da população feminina.

Alopecia areata é uma doença que provoca a queda de cabelo. A etiologia é desconhecida, mas tem alguns fatores implicados, como a genética e a participação auto-imune. Quando isto acontece, o cabelo da pessoa começa a cair formando pequenas ou grandes áreas sem cabelo.

A extensão da perda de cabelo varia. Em alguns casos, é apenas em alguns pontos. Em outros, a perda de cabelo pode ser maior. Há casos raros, em que o paciente perde todo o cabelo da cabeça, alopecia areata total; ou caem os pelos de todo o corpo, alopecia areata universal.

Acredita-se que uma pré-disposição genética desencadeie a reação autoimune, entretanto, outras causas desconhecidas podem também ser desencadeadoras. A alopecia areata é imprevisível. Em algumas pessoas, o cabelo cresce de novo, mas cai novamente mais tarde. Em outras, o cabelo volta a crescer e não cai mais. Cada caso é único. Mesmo que perca todo o cabelo, há chance de que ele crescer novamente.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!