14 jul 2012
 Por 
Blog do Seridó
 às 
09:41min. 
 em 
Advogado de acusado na morte de F. Gomes, pede afastamento do promotor Geraldo Rufino

O pedido (exceção de suspeição) feito pelo advogado Sildilon Maia, que defende o soldado da PM Evandro Medeiros, para que o promotor Geraldo Rufino de Araújo Júnior, saia do processo judicial movido contra os réus envolvidos na morte do jornalista F Gomes, como acusador foi negado.

O advogado, alegou que o promotor tinha informações privilegiadas sobre o crime que o credenciavam para ser testemunha, e não acusador.

O pedido foi protocolado na Secretaria da Vara Criminal da comarca de Caicó, e automaticamente encaminhado ao Ministério Público, que tinha que dar parecer. O promotor seria Geraldo Rufino que foi contrário. A peça voltou para a Vara Criminal e teve parecer também contrário do juiz Luiz Cândido de Andrade Villaça.

O policial militar Evandro Medeiros, foi preso pela Divisão Especial de Investigação e Combate ao Crime Organizado – DEICOR, depois que a delegada Sheila Freitas, descobriu seu envolvimento na morte do jornalista F Gomes. Ele, e outras três pessoas foram detidas. O tenente-coronel Marcos Moreira, o advogado Rivaldo Dantas de Farias e o ex-pastor evangélico Gilson Neudo Soares do Amaral, também foram presos.

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!